quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Troca em cadeia

Por Ela

Ai, que delícia saber que a gente vai ganhar presente, né? Pois é, da Luna. E acho tb que da Ingrith (eu fui a segunda, hein, In? rsrsrsrs...).

Pois é, é um meme que tá rolando e desse eu gostei de verdade. É assim:

Consiste em uma troca de trabalhos feitos por nós.

Os três primeiros comentários feitos aqui irão receber um trabalho feito por mim ou por Ele.

Temos 365 dias para enviar, mas os 'contemplados' com os mimos terão que se compremeter a colocar a iniciativa em seus respectivos blogs, ou seja, fazer este desafio também presenteando outras 3 pessoas.

O selinho do meme é esse.
Andem, pessoas, comentem logo que as chances do presentinho chegar até o Natal são grandes! Não se esqueçam de enviar os endereços de casa para blogdocasal@gmail.com, com rua, bairro, cep, tudo, tudo.

Mas, atenção, não basta comentar o post! Vamos considerar ganhadores os 3 primeiros endereços de entrega que caírem na nossa caixa de mensagens, ok?

Bjocas.

Separados na maternidade

Por Ela
Porque hoje é dia de Halloween e uma homenagem faz-se necessária:


Será que se eu der sumiço de verdade no 'Lucio Malfoy' escalam Ele pro próximo filme do Harry Potter?
Gente!! É Hollywood!
Aí a gente vai finalmente ter como pagar um casamento!!! Ahauahuahauhauahuah...

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

"Eu não vi o mar. Eu vi a lagoa..."

Por Ela
- Vc tem marido, namorado? Não, porque se vc troca de namorado como troca de emprego, ce tá ferrada, viu? (oi?)

- Mas vc sabe o que vc quer? (não, sou uma pessoa confuuuuuusaaa!) Tá afim de trabalhar mesmo? (não, vim aqui tomar seu tempo, bobinho! Adoro novas amizades!) Não, porque esse povo da comunicação é assim, né? Não gosta de trabalhar sábado, acha que tem que chegar 8h e sair 18h e a visão empresarial é que é tudo um bando de maconheiro que não sabe merda nenhuma. (ah, é mesmo! Acende meu back aqui, por falar nisso?)

- Sete anos de experiência? Mas exatamente no quê? (Vc sabe ler? Meu currículo tá na sua mão! É, é esse papelzinho aí, cheio de letrinhas e empresas interessantes e experiência variada, tá vendo?) Não, porque eu vejo que vc tem uma lista muito ‘didática’ (hein? O que é ter um currículo didático? Seja mais ‘didático’, por favor?), mas aqui é que vc vai ter a oportunidade de crescer mesmo, com um projeto seu, colocar a mão na massa, ser alguém na vida. (porque até hoje eu era uma perdedora, né? Que bom que conheci vc!!!)

- Como vc encara seu futuro? (feliz, bem longe de vc!) Não, porque eu quero uma pessoa que pense a vida a longo prazo, que não seja imediatista. (Cê quer dizer que paga mal, né? Vou ter que esperar quantas décadas pra ganhar o justo?) Porque hoje todo mundo quer ganhar dinheiro sem trabalhar, né? (Ah, sim, seria ótimo! Mas eu sei que é sonho...) Nego acha que só porque teve uma base ‘livresca’ (hein?) boa sabe tudo. E eu acredito que a gente só aprende se der duro, se fugir dessa mediocridade celetista, é dando sangue mesmo... As pessoas que conheço hoje que se deram bem se mataram de trabalhar. (Gente, mas eu sou mesmo um fracasso! Porque tudo que consegui me matando foram olheiras profundas e mau-humor...) Vc tb pode se dar bem, pode ser uma pessoa de sucesso, se quiser (é, porque eu sou muito fracassada, né? Ainda bem que vc vai me salvar! Aleluia!)

Esse foi o início de uma bela ‘entrevista de emprego’.

E, sabe, eu odeio gente que tenta valorizar a empresa diminuido o candidato que foi ali procurar trabalho honesto, ciente de que tá precisando. Mas odeio mais ainda essa gente sugadora que quer enfiar na cabeça da gente que a vida é SÓ trabalho. Que vida pessoal, família, lazer, diversão, são luxos de gente vagabunda, medíocre, que não quer crescer, que nunca vai alcançar o sucesso. Gente fracassada, né? Como eu.

Mas, sabe? Gente 'fracassada' morre aos 80, 90 anos, de morte ‘morrida’, não ‘matada’. De velho, como disse a mãe da .
Gente 'fracassada' tem uma família, que tem muito mais chances de ser feliz, unida.
Gente 'fracassada' participa da criação dos filhos e ajuda a moldar-lhes o caráter. Tem tempo pra isso, né?
Gente 'fracassada' pode até não conhecer Paris, NY ou Londres, mas tem causos e mais causos pra contar do feriadinho delicioso passado ali em Dunas de Itaúnas, em Cetiba, em Brumadinho, numa cachoeira qualquer...
Gente 'fracassada' tem amigos que não se resumem às pessoas do trabalho! E, o melhor, tem tempo de visitar esses amigos, que ampliam o horizonte da gente, mostrando outras visões de vida, tão diferentes!...
Gente 'fracassada' pode não ter o carro do ano, mas tem um carango que já te levou pra conhecer lugares lindos, que correu pro hospital pro seu filho nascer, que já balançou muito o banco de trás em ‘amassos’ divertidos porque a grana não dava sempre pro Motel...
Gente 'fracassada' pode não se vestir de Maria Filó ou Brooksfield, mas vai na Renner e compra o mesmo estilo de roupa, pra pagar de 5x e fica feliz, feliz. Ou faz aqueeeele bazar delicioso entre amigas, regado a suco, bolo e bobagens, e troca tudo o que puder.
Gente 'fracassada' não tem uma conta na Suíça, mas o dinheiro rende muito mais do que os percentuais de banco! Porque se aperta daqui, aperta de lá, a gente faz de um tudo que não imaginava ser possível. Se pergunta: ‘como foi que eu consegui’? E essa sensação de ter conseguido com esforço é tão boa! Paga tudo e ainda dá presente pros amigos, faz aquele churrasco na laje no findi e faz vaquinha pro casamento do fulano!

Mas, o mais importante pra mim, é perceber uma coisa: que toda época tem os seus ‘reveses’, econômicos, financeiros, político, religiosos... Mas as pessoas conseguiam levar suas vidas, conseguiam crescer, prosperar. “Ah, mas os tempos eram outros, sem comparação!”. Não, leitor(a). Os tempos tinham suas dificuldades também... Os valores sim, esses eram outros.

Esses valores não diziam que só com muito trabalho e o ‘saber abrir mão de algumas coisas’ é que você ia ser alguém na vida, não. Você não precisa abrir mão de nada que goste. Acredite - e aproveite, porque o tempo não volta.

Esses valores diziam que para você ser feliz, bastava uma única coisa: uma boa idéia, acompanhada de amor. Por aquilo que se faz, por aqueles que lhe ajudam a fazer o que quiser. Seja família, amigos, parceiros, colegas de trabalho. Amor pelo próprio trabalho. Amor próprio enfim.

Era assim que as pessoas cresciam. Era assim que as pessoas 'davam certo'.

Bom, é claro que ‘dar certo’ varia muito de pessoa pra pessoa e, com certeza, há aquelas que estão lendo isso agora e me achando medíocre também. Pra essas eu digo: Drummond entende o que digo!

"Eu não vi o mar.
Não sei se o mar é bonito. Não sei se ele é bravo.
O mar não me importa. Eu vi a lagoa.
A lagoa, sim. A lagoa é grande e calma também.
Na chuva de cores da tarde que explode, a lagoa brilha.
A lagoa se pintade todas as cores.
Eu não vi o mar.Eu vi a lagoa...

Lagoa, de Carlos Drummond de Andrade

ESSE 'dar certo' depende de quão ambicioso você é e da quantidade de coisas que precisa para lhe fazerem feliz. Eu não preciso do mar, tenho a lagoa, e isso me basta para viver bem...

Milhões de pessoas discordam, eu sei. Mas não quero sofrer de Normose (lembram do texto?), não quero ter a obrigação de fazer o que todos esperam o que eu faça, mas ter a alegria de fazer o que vai me fazer sentir bem comigo... Se consigo? Bom, o importante é que tô tentando...

De mim, posso dizer uma coisa: ganhando ou não a vaga, a única coisa que faria seria agradecer a oportunidade. Porque eu, como legítima ‘fracassada’, quero ter tempo de viver! Não apenas existir...

Que vivam as diferenças!

Bjos a todos...

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Tropa de Elite: quem é vc na guerra?

Por Ela
UPDATE 2:
E agradecer tb à Luna este outro presentinho aqui:
Iupiiiiiiiiiiiiii!
Vou aproveitar pra contar que eu não mereço esse selo. Não mereço porque eu não think nada, Luna. Eu não tkinkei que eu vinha pro ES, que o ES tem mar, que tá um calor miserável esses dias e que eu ia querer me derreter no mar, que pelo menos é lugar gelado, e não na areia, muito menos dentro de casa... É isso mesmo: NO biquini... Socorrooooooo!
(Amor, manda um balde de gelo express pra mim?!?!?)
UPDATE:
Aproveitar e agradecer a Ana Fernandes pelo presente que a gente ganhou:
Vale a pena mesmo, é? Ué, gosto e bunda cada um tem o seu, tá vendo? Ahuahauahuahuauh... Brincadeirinhas à parte, Uhuuuu! Valeu, Aninhaaaaaaa! Brigaduuuuuuuu!

________________________


Então.

A gente foi ver Tropa de Elite na semana passada, né?
Aí que tá rolando na net esse testizinho aqui, ó, que eu vi no Todo mundo quer Confete (muito bom, Dani!). Diz quem é vc na 'guerra'. Adivinha? Eu sou o Aspira Neto! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk....

Faz tb é me conta: e vc, quem é?

PS: Amei o filme, amei! Até porque agora - ainda mais AGORA, já que tô viajando HOJE e deixando um certo alguém solto igual cabrito fugido da cerca - sei exatamente o que fazer se esse certo alguém me enfurecer: vou manter um saco sempre por perto e gritar "pede pra sair, pede pra sair!" ahuahauhauahuahuah...

É isso, pessoas. Bom findi pra vocês, boa prova de 'digitação' pra mim (af... ninguém merece ter que viajar pra fazer isso, mas, enfim...).

Na terça tô de volta!

Bjos!!

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Post em tempo real

por ele (com interferências dEla)
.
Vamos testar o teclado, afinal, ele é novidade aqui. A moçoila nunca digitou nele e vai sentir bastante dificuldade. Mas, cá pra nós, o objetivo é dificultar, né?! Senão, ela vai ficar se achando a digitadora profissional.
Se eu pedi o teclado dEle emprestado, é óbvio que é porque não sou uma profissional e quero me certificar de estar bem preparada para qualquer tipo miserável de teclado que possam me dar na prova prática de digitação do concurso do TRF. E, vem cá: cê veio aqui pra me ajudar a marcar o tempo ou me ferrar com esse teclado ruim?
Bom, vamos lá. A letra O ta agarrando, às vezes ele não sai. Se bem que todas as teclas da parte de cima estão assim. Será que é falta de uso? Sei lá.
Eu te conto: é sujeira mesmo, seu porco. Limpa esse teclado!
Mas, pelo menos a letra A tá funcionando perfeitamente, e, somente é acionada, quando há o toque.
Isso é uma indireta, né? É sim.Mas meu teclado não digita sozinho, coisa nenhuma! É só não espancá-lo como se tivesse batendo bife em vez de digitar. Se é uma indireta? Oi?
Legal, então, ela não vem. Tá fazendo hora.
Espera, tô acabando de guardar, mãe já tá chegando! Vai me pegar no pulão!
Vai começar tarde, vai ficar me enrolando, nem vai me pegar hoje, ou seja, vou marcar o tempo enquanto ela marca touca.
Te pegar hoje? Escutou? Mãe tá chegandooooooooooooo!
Enfim, ela conseguiu aqui. Venceu a falta de coordenação motora e enfiou o trem na caixa. Depois de três dias de esforço e milhares de tentativas frustradas.
Mentira! Guardei rapidinho e bonitinho! Nem parece que abri a caixa do aparelho de jantar de Natal novo que mãe comprou e que não era pra eu mexer!
Agora é o prato do supla, aquele roqueiro doido, filho da ministra tarada, do turismo, aquela, sabe? A profissional do sexo.
Ai, meus sais... É sousplat, coisa! Sousplat!!!
É, tem um tal de prato do supla aqui, que é bonitinho mas ordinário, não serve pra porra nenhuma, male-male pra enfeitar.
Pra 'porra' nenhuma serve socar o prato sousplat pra ver de que material ele é. Pára com issoooo! Parece criança, que só 'vê com a mão'! É só perguntar que eu te respondo 'é de plástico, amor'. E vc disse que a mesa tava linda. Então ele serve pra deixar mesas lindas.
- Uai?! O que aconteceu ali?, pergunta o sr. El bigodón.
Queria ver se meu pai te ouvisse chamado ele assim... Não respeita nem o sogro, tá vendo, só?
É que ela tirou a mesinha do canto pra montar um cenário de mesa de jantar japonês.
Que jantar japonês? Tá doido?! É um cenáraio de mesa de Natal reduzido pra colocar de mostruário na loja amanhã! A mesa é baixinha, claro! Ou vc quer que eu tire os produtos da loja pra caber uma mesa em tamanho natural?!?! Ai, meus sais!...
E, pra arrumar ela ta falando sozinha, falando que é boazinha(aff... Deus tá vendo...). OPA! Agora ela se dirigiu a mim.
O que? Quando te perguntei sobre o Natal?
Sim, ela vai poder arrumar a casa todo natal, porque, se depender de mim, basta uma árvore e uns presentes e ta ótimo, mas, sabe como é mulher, né?! Tem que arrumar tudo nos míííííííííííínimos detalhes.
É, muher deixa a casa toda bonita e a mesa fantástica pra vcs nem repararem! Humpf!
É, agora vou parar de reclamar do teclado.

Isso, pára de reclamar e sai daí que eu tenho que treinar minha digitação.

Ai... sua 'cã'!

Vou morder mais se não levantar dessa cadeira logo, folgadinho! Aliás, não foi pra escrever esse texto boboca que cê veio aqui, mas pra me ajudar a marcar quantos toques eu dou em 5 minutos, lembra? Não vai sair, não? Não vai sair não?
- Ô, 05, traz a 12!

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Normose

Por Ela

Para refletir...

"Lendo uma entrevista do professor Hermógenes, 86 anos, considerado o fundador da ioga no Brasil, ouvi uma palavra inventada por ele que me pareceu muito procedente: ele disse que o ser humano está sofrendo de normose, a doença de ser normal.

Todo mundo quer se encaixar num padrão. Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar. O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido. Quem não se "normaliza" acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento. A pergunta a ser feita é: quem espera o que de nós? Quem são esses ditadores de comportamento a quem estamos outorgando tanto poder sobre nossas vidas?

Eles não existem. Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado. Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados.
Só que não existe lei que obrigue você a ser do mesmo jeito que todos, seja lá quem for 'todos'. Melhor se preocupar em ser você mesmo.

A
normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer o que não se precisa. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar?

Não é necessário fazer curso de nada para aprender a se desapegar de exigências fictícias. Um pouco de auto-estima basta.
Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e sim aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo.

Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original. Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.

Eu não sou filiada, seguidora, fiel, ou discípula de nenhuma religião ou crença, mas simpatizo cada vez mais com quem nos ajuda a remover obstáculos mentais e emocionais, e a viver de forma mais íntegra, simples e sincera. Por isso divulgo o alerta: a
normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes."
Martha Medeiros
05.08.07
Jornal Zero Hora
P.Alegre - RS

Obrigada, meu lindo, por me ajudar sempre a ser cada dia menos 'normal'...
Amo vc...

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Diálogos VI

Por Ela

"Diálogos" em início de namoro, em 2004:

"- Flor, vc é linda como um pôr-do sol" e
" - Vem cá, minha fada" e
"- Nem Niagara Falls é como vc..."

e outras coisas que (vcs podem chamar de 'bregas' mas que) eu adorava ouvir

"Diálogos" 3 anos depois, em 2007:

- Vamo logo, sô, a Paulinha já tá esperando!
- Tá, já tô indo! só colocar isso aqui... assim.. pronto! Tá bom, Ti?
- ... ... Póoooooo, pó-póooooooo, pó-pó-pó-pó...
- Hã?
- Tá linda, meu galinho de rinha!
- ?????

Agora digam-me: onde foram parar o 'pôr-do-sol', o 'fada', o 'Niagara Falls'??

(eu já mencionei que quem concordar com Ele morre? Assim, só pra constar...)

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Serviço de utilidade pública e outras baboseiras

Por Ela (indicado por Ele)

Éeeeee! Indicado por Ele! Um cara antenado, um cara bonito, um cara que gosta de moda, sim. Sobretudo um cara macho! M.a.c.h.o! Que não tá nem aí se a namorada faz isso com Ele, porque é seguro demais do tanto que é m.a.c.h.o (e eu agarantchio):

E pros engraçadinhos de plantão que andam 'zoando' meu Tantão: se soubessem como é gostoso 'sacanear' o namorado assim (pq colocar máscara num rosto peludo e pinçar a orelha cabeluda é muita sacanagem, dói, tá?), pediriam pras suas namoradas fazerem o mesmo! Claro! Porque, deixa eu falar?! Isso é cuidadooooooo! Eu adouuuuuuuuro poder cuidar dele assim! E, sabe o que Ele faz? Ele dorme! ahuahauhauahuah... Relaxa, descansa... enquanto eu ... cuido! :D Viram, tolinhos? Não sabem o que tão perdendo! Então, isso mesmo, bora lá, homarada! Todo mundo pedindo pra benzinha uma massagem relaxante e uma máscara de limpeza facial! Andaaaaaaaaa!

Meninas,

pra quem gosta de moda, um bom corte e modelos mega diferentes, mas nunca tá a fim de pagar caro, olha a notícia que saiu no blog da agência Africa:

"Mega Bazar da Maria Bonita com até 90% de desconto

A Maria Bonita e Maria Bonita Extra promovem Mega Bazar com descontos de até 90%. O evento começa hoje e vai até o dia 29. Serão 12.000, que vão desde vestidos leves de verão, saias, calças de alfaiataria até casados de lã e saias de tricô.
Confiram as promoções:

- Bermuda em lã, Pie de poule, de R$ 420,00 por R$ 40,00
- Camisa manga curta, de R$ 394,00 por R$ 50,00
- Vestido com alças, cor hibisco, de R$ 1.050,00 por R$ 80,00

- Saia de tricot trabalhado, em lã, de R$ 820,00 por R$ 50,00
- Saia com pregas, cor verde, de R$ 196,00 por R$ 50,00
- Vestido com alças, cor açafrão, de R$ 1.178,00 por R$ 80,00
- Calça de alfaiataria, cor cinza, de R$ 462,00 por R$ 80,00
- Vestido de tule com aplicações, de R$ 368,00 por R$ 50,00
- Saia estampada nas cores azul e preta, de R$ 314,00 por R$ 50,00

Serviço:
Rua Artur de Azevedo, 514
Tel: 3064-0220
Data: 19/10 até 29/10
Horário: 9h/19h (seg. a sab)
Pagamento: Aceita todos os cartões de débito e crédito
Parcelamento: acima de R$ 150,00 em 2X; acima de R$200,00 em 3X"


Minha gente, fala sério: preço máximo de R$80,00?!?!? É o que a gente paga na Renner numa roupa cara!!! Tá valendo a pena demais, hein? Enfim, se eu morasse em Sampa, ia dormir na frente da loja esperando abrir amanhã. Porque sei que nunca mais poderia comprar roupa tão bonita com tanto desconto.

Paulistanas, a.p.r.o.v.e.i.t.e.m!!!

__________________________________


Agora o meme da D. Emily (deve ser por isso que caiu chuva quinze mil vezes em BH hoje!!! porque essa garotinha nunca, eu disse NUN-CA, responde um meme! rsrsrsrsrs...): tenho que pegar o livro mais próximo, ir na página 161, e copiar a 5ª frase completa.
(Já aviso que não vem nada muito interessante porque só ando estudando (prova da Gasmig - parceira Petrobrás - no domingo) e, como podem ver aí na coluna da direita, até tô com ótimos livros na 'fila' pra ler mas não consigo...)

"Mas a divulgação feita no programa Fantástico, da Rede Globo, em 12 de outubro de 2003, além de favorecer uma dupla interpretação, omitiu que a expedição foi organizada pelo Projeto Manuelzão, atribuindo-a apenas a um grupo de professores da UFMG."


Da obra "Entre o espetáculo, a festa e a argumentação: mídia, comunicação estratégica e mobilização social", de Rennan Mafra


BOM FINDI PRA TODO MUNDOOOOOOO!

BOA PROVA PRA GENTEEEEE!

Não foi dessa vez...

Por Ele e Ela

Ui! O que que a gente tá fazendo aqui em BH? Era pra gente tá lá em São Pauloooooooooo!
Rsrsrsrsrs...

A esperança foi de verdade a última a morrer, mas... aahhhhhh, gente, é que não foi dessa vez... A Ana anunciou que serão só 3 casais escolhidos e acabou de apresentar o terceiro... ups!

"Marmelada, marmelada, marmelada"?!?!?

Não, não, não, parem de gritar, nós achamos que não foi marmelada não!

Desconfiamos que o nosso super kit 'Casal Mais Você 2008' talvez nem tenha chegado à Produção, devido a um senhor atraso do nosso graaaande colega, o Correio! Vejam só vocês:

Nós enviamos o nosso Sedex no dia 09/10, mas ele só foi entregue no Galpão da Globo em SP no dia 15/10!!!

Pára tudo: gente, Sedex não era pra ser entregue dum dia pro outro?!?!?

Se é que deu tempo do nosso material chegar até à Produção, talvez a essa altura - 15/10 - já estivessem todos escolhidos, né? - já que o programa iria ao ar 4 dias depois...

Que pena, realmente uma pena! Mas tá tudo bem, a vida continua. Não foi pelo Mais Você, mas a gente se casa de qualquer jeitoooooooooo!!!

Só nos resta agradecer a todos vocês o super carinho que tiveram com a gente. Valeu, galeraaaaaaaaaaa!

E, Produção do Mais Você, valeu pela iniciativa, foi muito legal passar essa semana de "frio na barriga"!

Agora, tratem de redirecionar o "carinho" então: votem nos casais que foram apresentados, vamos ajudar essa galera, né?

Bjos, povo, bom final de semana!
E valeeeuuuuuuuuuuuuuuuu!

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Óli o kit "Casal Mais Você 2008"!

Por Ela
Pessoas, pessoas, pessoas,

como prometido, fotinhas do 'kit casal' enviado para o Mais Você!

Na caixinha foram:

- 1 carta-rolo com o post sobre o casamento e os 43 comentários feitos
- 1 carta-rolo com tudo o que todo mundo escreveu em seus próprios blogs em apoio à gente
- fotos, muitas fotos do casal
- 1 DVD com o nosso vídeo, o da Ana Fernandes e alguns depoimentos de vcs
- 1 envelope-sistema-de-segurança, com a transcrição do vídeo (caso ele desse pau; mineiro é prevenido, uai!)
- 1 pacotinho de bem-casados pra Produção comer, que são tradição aqui em Minas, né?

Agora, se o meu 'quase noivo' colaborar, na quinta postamos o vídeo produzido pra vocês verem, ok?

DGirl, Perdidinha, são os posts de vcs aí na foto do rolo dos blogs, tão vendo? ;) Brigaduuuuuuuu!

Ah, o(s) vestido(s) mais votados - tivemos um empate - foram:

Bom, nesse caso, fico com o de flor, ouquei?

E, pra fechar, um videozinho pra quem ainda está à procura do 'par perfeito'. Cuidado com suas 'conquistas', garotos! ahuahauahuahuahauhu...



Lembrando que o anúncio da Ana é na sexta, hein, gente? Me parece que vai ter tipo uma disputa entre casais. Ela vai dizer quem tá concorrendo e aí o público vai votar quem merece ganhar o casório. Como a gente tem fé que ela vai dizer nossos nomes, VOCÊS TÊM QUE VOTAR JANA E TI, OUQUEI?!?!

Bjos, até quinta com o videozinho, se Deus quiser e o quase-noivo lembrar.

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Então: qual?

Por Ela

Aháaaaaaa! Essa é A semana, né, gentem? Então o assunto volta à tona! Eheheheh...

Porque eu sou, assim... uma pessoa de muita '', já até andei pesquisando qual dessas tetéias vou pedir pra Ana Maria Lorona. Mulherada, à la Gil, 'com que roupa eu vou'?

Mais normaizinhos, mas lindos, né?
Agora olha só o corte desses três modelos... não são de babar?!

Mas meu preferido, hummm, é esse primeiro aí debaixo. Vai me exigir a perda de 539 kg, mas encaro o sacrifício pra aparecer assim, esplendorosa...
Esse segundo, Ele falou que esse parece um 'edredon'. Owwwww, que sacanagem... Achei lindo demais tb!!

E aí, o que acharam? Qual é o mais maravilindo?

Então, gente, é nessa sexta, hein! Dedinhos cruzados por nós, ouquei?

Na quarta, posto fotos do que enviamos pra lá, sim?

Bjocas e óoootema semana pra todo mundo!

domingo, 14 de outubro de 2007

"Meu primeiro limão"

Por Ela


É, criançada... Melhor acostumar de novinho, que a gente passa o resto da vida "chupando limão..."

"(...) Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril."
Oscar Wilde

Isso posto... FELIZ DIA DAS CRIANÇAS pra todo mundo que ainda tem um "quê" de criança!

O texto do Oscar Wilde tb casa muito direitinho com esse presentinho que a gente recebeu, ó: é o ELO DA CORRENTE DA AMIZADE que a gente ganhou do Pensamentos Soltos.

Eeeehhhh! Obrigadãoooooo!

Segundo Luara, o Elo da Corrente da Amizade é um prêmio atribuído a blogs que tenham “amor” à Terra, solidariedade, preocupação com a natureza,e muitos outros valores fundamentais que parecem estar sumindo...

E já que estamos falando de presentes, obrigada também à Erika do Oncotô, que elegeu esse cantinho como um dos lugares pra onde ela sempre vai. Por isso ganhamos o selinho dela, o Proncovô. Que tuuudo de bom!!! Bjos!

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

E o feriado, hein?!

por ele

muito cuidado com os lugares onde vocês vão emburacar, senão... afff.


O Motel

Mirtes não se agüentou e contou para a Lurdes:

- Viram teu marido entrando num motel.

A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de espanto, durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.

- Quando? Onde? Com quem?

- Ontem. No Discretíssimu's.

- Com quem? Com quem?

- Isso eu não sei.

- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna?

- Não sei, Lu. Carlos Alberto me paga. Ah, me paga.

Quando o Carlos Alberto chegou em casa a Lurdes anunciou que iria deixá-lo. E contou por quê.

- Mas que história é essa, Lurdes? Você sabe quem era a mulher que estava comigo no motel. Era você!

- Pois é. Maldita hora em que eu aceitei ir. Discretíssimu's! Toda a cidade ficou sabendo. Ainda bem que não me identificaram.

- Pois então?

- Pois então que eu tenho que deixar você. - Não vê? É o que todas as minhas amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.

- Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você!

- Mas elas não sabem disso!

- Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar nosso casamento por isso? Por uma convenção?

- Vou!

Mais tarde, quando a Lurdes estava saindo de casa, com as malas, o Carlos Alberto a interceptou. Estava sombrio.

- Acabo de receber um telefonema - disse - Era o Dico.

- O que ele queria? Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse que, como meu amigo, tinha que contar.

- O quê?

- Você foi vista saindo do motel Discretíssimu's ontem, com um homem.

- O homem era você!

- Eu sei, mas eu não fui identificado.

- Você não disse que era você?

- O que? Para que os meus amigos pensem que eu vou a motel com a minha própria mulher?

- E então?

- Desculpe, Lurdes, mas...

- O quê???

- Vou ter que te dar uma surra...


A PARTIR DE HOJE VAMOS CUIDAR APENAS DA NOSSA SAÚDE,
POIS DA NOSSA VIDA, TODO MUNDO CUIDA...

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Ia ser muito mais simples se eu tivesse PINTO

Por Ela
Realiza:

você tá num banheiro público. Você não quer acreditar que mulher é tão porca quanto homem, mas é verdade: a tampa da privada tá toda 'xixizada'.

O que você faz?

a) agacha, normalmente, mas se afasta horizontalmente o máximo possível da 'borda' da privada, arriscando errar o buraco ou o 'jato' sair 'descontrolado' e molhar seu pé

b) fica o MENOS agachada possível, quase em pé, beeeeeeem distante verticalmente da borda no-jen-ta, mas correndo o risco do xixi escorrer perna abaixo?

Vou dizer que, acreditem, o xixi escorre. E aí a gente derruba - de propósito - água da pia na calça pra "despistar o molhadim"...

Homens não passam por isso. A única preocupação deles é 'mirar o alvo' e sacudir... E foda-se se molhar a tampa do vaso.

Ô, in-fer-no.

Sinceramente que, NESSAS HORAS, acho que eu preferia ter um PINTO...

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Blobagem

por ele

Eis que tudo volta ao normal... hehe
FRASE DO DIA:
"Nunca segure seus peidos.
Eles sobem pela sua espinha,
entram no seu cérebro e aí
surgem as idéias de merda".


para chefes, amigos, colegas,
vizinhos e parentes, que insistem em ter GRANDES idéias.

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

A última cereja do bolo

Só um recadinho:

Pessoas felizes, a gente gravou e editou o vídeo nesse findi. Agora tá lá, renderizando, e isso demora. Mais perto do dia 19/10 a gente coloca o resultado de tudo no ar. Aguardem!!
Mas eu queria era agradecer a todo mundo que entrou na brincadeira com a gente, foi muito divertido!! Valeu, galerinha do bem!
Agora o blog volta à 'programação normal', ok?
Com vcs, A ÚLTIMA CEREJA DO BOLO.
Por Ela
Sabe aquela delícia de sensação de vitória que a gente sente quando consegue pegar a última cereja do bolo? Foi o que senti na Riachuelo hoje. (Como disse a Ana uma vez, as amigas entenderão)

Vi uma bolsa liiiinda, prateada, do jeitinho que eu tava querendo desde o começo do inverno (meninas, podem comprar, que prata, chumbo, dourado e bronze continuam em alta no verão).

Antes de sucumbir à tentação, no entanto, resolvi dar uma espiada nas blusas, nas calças...

Não que fosse comprar, porque continuo lisa e sem poder adquirir umazinha La Reina Madre sequer. Mas, gente, vamo combinar que mulher se diverte até babando no que não pode comprar, então fui babar nas 'vitrines e manequins' das outras lojas, já fazendo uma lista de sugestões de "como gastar meu primeiro salário" quando eu voltar a trabalhar.

Quando voltei na Riachuelo, ca-dê-as-bol-sas-que-ta-vam-a-qui?!?!? (só tinha 2 unidades do modelo que eu queria)

As DUAS sumiram. Como assim, gente? As duas? Em 5 minutos?

Nã-nã-não, isso não vai ficar assim não!!

Saí à caça. Não dava tempo dessas bolsas terem saído da loja. Rodei baranga por baranga olhando as mãos de cada uma.

O caixa!

Corre-corre e... tava lá a ladra, com as 2 bolsas, iguais. Respirei fundo:

- Ô moça, cê só vai levar uma, né? Ninguém leva 2 bolsas. Iguais.
- (dando dois passinhos pra trás e apertando a bolsa contra o peito:) É, só uma, por quê?
- Porque não tem mais nenhuma lá. E essa aí é minha. Ô, moça, quando ela acabar a compra dela, separa a minha, por favor? Não volta com ela pra área por na-da-des-se-mun-do! Aliás, já tô entrando na fila, vou esperar vc me chamar.

Devem ter me achado louca. Mas salvei a minha bolsa, a última cereja do bolo.


À propósito, o objeto do desejo era esse aqui:

Super bag, toda em couro molinho, fofinha, chumbo, linda... e, o melhor, só R$59,90 pra pagar em 5x.

Tá, a foto não ficou boa, se acharem baranga não precisam me contar, ok?

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Iihhhhh... Lá se foi o casamento...

Por Ela

video


Recebi essa do Túlio. Valeu 'Pato'!

É o penúltimo post sobre casamento, JURO! rsrsrsrsrrs... Já-já viro o disco, ok? ehehehehehehhe... Mas hoje ainda é dia! O último dia! Alguém ainda tem alguma coisinha aí pra enviar, hein, hein, hein?! blogdocasal@gmail.com, djá!

Bjos!

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Diálogos V

Por Ela
- Tô indo pra São Paulo, filha. Quer alguma coisa de lá?
- Ô, pai, trás um fone de ouvido pro Ti?
- Mas pergunta como ele quer pra eu procurar direito e não perder tempo, tá? Vou direito pro terminal depois.

****
- Ei, pai! Fez boa viagem?
- Tudo jóia, a gente fica doido lá, né?
- É, né? E aí, trouxe o trem do Ti?
- Trouxe, tá aqui, ó.
- Hummm, bonito, hein? Foi caro?
- Huummm, foi nada não. Diz pra ele que é presente. O que eu quero agora é casamento e neto.

****
- Nó, que bacana, lindão! Quanto tenho que pagar pro seu pai?
- Sei não, olha lá com ele...
- Que cara é essa?
- Cara de quê, menino? Eu hein...

****
- Adalberto, brigado, cara! Quanto te devo?
- Nada não, é presente pra você.
- Ó, brigado de novo então!

clap, clap, clap (sonorização de 'tapinhas nas costas')

****
- Ihhh, essa cara de novo... Que foi?
- Ô, Ti, vem cá. Essa conversa tá assim... meio 'incompleta'.
- Por que?
- Porque não foi SÓ isso que pai respondeu quando perguntei em quanto tinha ficado, não...
- Ué, e ele falou o quê?
- Que agora o que ele quer é ver casamento saindo e neto chegando.
- Puta, que foninho caaaaaaaaro esse, hein?!
- ????
Gente, não sou eu.
É fato: o Universo conspira a favor...

Cê tá é f*****! ahuahauhauahuahuahu...

Bora, gente, a campanha continua, amanhã é o último dia!!!