domingo, 4 de maio de 2008

Gzuismarijusé... eu queria ser um avestruz...

Por Ela

Pego meu ônibus pra ir trabalhar. Vou contentizinha porque consegui lugar pra sentar. No fundo, perto da porta. "Ui, que bom! Mais um capítulo da Menina que Roubava Livros pra ler nos próximos 40 minutos. Que céu azul, que dia belo, nem parece uma segunda-feira! Hum, começamos bem a semana! Huummm... esse capítulo é triste mas é bom, hum-rum..."

Fico nas minhas conjecturas mentais até que um barulho longínquo me diz que algo muito estranho acontece no mundo. Aos poucos vou descendo do céu e voltando pra Terra e ouço o 'chamado'... Parece que alguém grita naquele ônibus, da roleta, tresloucadamente... céus, o que está acontecendo na Terra?

Ooooooooooooooooiiiiii! Quem é que vai pagar minha passagem hojeeeeeeeeee?!? - Um homem berra para alguém, lá da frente, da roleta.

Ai, meu Deus... é um daqueles humanos sem noção, que gritaaaaammm?! Fujo deles...

Estou de volta no meu corpo. Como num filme em câmera lenta, levanto meus olhos. Começa a tocar ao fundo - sim, eu ouço! - a musiquinha da cena do chuveiro, em Psicose, lembram?

Lá está ele, olhos vidrados... ... ... ... ... em mim?!?

Ó, não, céus! Não pode ser! É comigooooooooo! Socoooooooooorro!

Quero ser um avestruz! Moça, deixa eu enfiar minha cabeça na sua bolsa? Não? O quê, não é uma boa idéia? Então parem a Terra, eu quero descer! Ok, ok, ok, parem o ônibus então!

Não dá mais tempo. Ele chegou. [Não sem antes mexer com cada um - eu disse c.a.d.a.u.m dos passageiros entre os pontos 'ele' e 'eu']

Sim. Todos ficaram me olhando. Eu, logo eu, que odeio ser o centro das atenções.

Ele coversa alto. Cumprimenta todo mundo. Diz 'saúde!' pras três pessoas que espirram em pontos diferentes do ônibus. Despede de todo mundo que desce e diz 'volta mais!', como se o ônibus fosse um ponto de encontro. Sem noção! Sem noção! Sem noção! Ele me conta que conhece livros. E a Bíblia. E todas as religiões do mundo. E prova por A + B que a religião dele é fodástica, a mais respeitosa e caridosa do mundo (enquanto eu penso que o fato de comparar já é desrespeitoso). E blá-blá-blá.

E eu querendo sumir de vergonha desde o primeiro grito que ele deu de "Ei, minha noriiiiiiiiiiiiinha", ainda lá na frente, na roleta, quando eu ainda tava descendo dos céus e chegando no meu corpo estarrecido.

Pois é. A figurinha é o meu sogro, das pessoas mais sem noção que conheço.

Porque eu sou tímida, tá? Pode não parecer, mas eu sou tímida. E nem sogros têm permissão pra me fazer passar vergonha em público. Aliás, nem pais, quem dirá sogros. Por que tinha que falar tanto, meu Deus? Por quê?

Pensando bem... a gente tá perto do período eleitoral... eleições municipais... Será que é candidato a vereador e eu não sei? Porque vai falar assim na casa do telemarketing! Aiminhanossinhoradaslaringesjudiadas, porrrrrrrrr quêeeeeeeeeeeeee?!?!?!

Meu sogro é mesmo completamente sem noção. E desconfio que faz dessas coisas de sacanagenzinha, pra matasr a gente de vergonha mesmo. Acho que ele se diverte com isso... Mas, apesar dos pesares, é uma das pessoas mais carinhosas da família para com a minha-pessoa-eu-mesma-aqui. A que sempre me deu atenção e fez festa quando cheguei. E que, por isso, ficou querido pra mim. Até quando me mata de vergonha. Mas a vergonha passa, né? O carinho continua. Bjo pra ele. Pro meu sogro 'sem noção'.

16 comentários:

Galega disse...

ai, eu achei seu sogro um fofo!

Dantas disse...

vou te linkar, ok?

Gileade disse...

Menina, seu sogro pode até ser gracinha, mas tem que dar vexame? Eu também teria morrido de vergonha. Odeio escândalo. Mas como ele é um sogro do bem, o máximo que eu faria seria evitar os mesmos horários no ônibus. Agora vou te dizer: no início da história, achei mesmo que fosse um louco...

T@rci disse...

hahah pelo menos era seu sogro, eu ja estava imaginado que era um maluco qq e pensando aqui em quais seriam os próximos capítulos! hahaha
Pensa comigo: pelo menos era teu sogro.
Podia ser um maluc qq!
hahaha
Beijos Flor!

Ingrith disse...

Não acredito!!! Gente do céu, seu sogro é uma piada!

Te mandei um email, pq preciso do seu endereço, pq eu acho que perdi, hehe

Denise disse...

aaaaaah adorei seu sogro! igualzinho meu tio.
olha, eu já passei por diversas famílias (a rodada! hahaha) e sei que quanto mais efusivos, mais bacana é a relação.
adoro gente que faz festa e nos deixa ter a certeza que somos queridos, mesmo com toda a vergonha que passamos.

ela disse...

galega, quando ele não me faz passar vergonha se parece com alguém fofo...

dantas, manda ver! ;)

gilê, vc 'achou'? não se convenceu ainda não? hauahuahauhau...

tarci, justamente: era meu sogro. MEU SOGRO. sogros não têm permissão para vexames em público, já bastam os de festa de família, ok?

in, tá no seu mail! :*

dê, essa - de se sentir querida - é a parte boa da história, né? prefiro gente assim que mal amada! ô! rsrsrsrsrsrs... ;)

Daniele disse...

auahuahauhauaha... q louco! esse ainda vai aprontar muito então!

bjs

Ciça Donner disse...

hahahahahahahaha tadinha de vc. Imagina a tua cara quanto todo munto te olhou hahahahaha. Apesar de ano ter esse problema e adora ser o centro das atencoes, entendo perfeitamente tua dor. hahahahahahah

Ice Ice Baby disse...

uhauhauaha, e eu achando q era um maluco qualquer..era o "sogrão" uhauhauhauah

NANDO DAMÁZIO disse...

Huahua, mó figuraça seu sogro, morri de rir aqui .. Isso porque não foi comigo, hehehehe ..
Abraço !! =D

Titi disse...

Quase morri de rir.Achei que vc estava sendo abordada por aqueles "amigos" pedintes(sem entrar no mérito)e de repente você me diz que era o sogrão.
Hahahahaha...
Cada um carrega a cruz que merece rsrsrsrsrsrsrs.
Estou usando minhas brabuletas demais da conta.
Fazem o maior sucesso.
Bjcas.

Drica disse...

hehehehe, achei teu sogro mto engraçado! hehe! bjao pra vc! :D

Renata R. disse...

Jana do Céu! Que doido! hahahaha

Andei meio enrolada com o trabalho, querida. Por isso o sumiço. ;)

•Cah disse...

Meu Deuuuus
eu nunca NUUUNCA li um post tão grande como esse sem ter ficado feliz no final
hahaha
todos os grandes que tento ler eu me decepciono com o final sem noção
hahahahaha

Timida voce?! =] que gracinha hahaha
no meu caso é inverso. eu sou epalhafatosa e o SOGRO é timido JUDIAÇÃO

beijooo e SORTE!

KAZINHA LACERDA disse...

huahauhauhauahuahuahuahuahuahauhahauhauaha